terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Tudo em paz.

Eu acredito em amor eterno mas não acredito em relação que dure pra sempre, tudo tem começo e fim e que se faz nesse meio é que faz valer a pena ou não, o último amor sempre será o pior é que mais se sofre já que quanto mais velhos ficamos mais planos existem em volta dá relação. E que acontece entre o começo e o fim do último amor também é sempre o melhor, o melhor sexo, os melhores sorrisos e risadas, os melhores momentos.
Acredito que finalmente entendi isso e como aproveitar cada momento dá melhor forma, valorizar cada abraço , cada risada, não me importar definitivamente com as pessoas que ela conversa , mesmo tendo vontade de matar todas elas, ainda sinto um ciúmes gigante mas cada vez mais consigo domar o sentimento. Tenho ainda muito que aprender sobre meu humor inconstante e não deixar isso transbordar, tenho conseguido só não sei até quando.
Até lá, posso dizer que os olhos dela falam mais pelo coração do que o boca e isso é isso é tão mágico, que tenho uma certeza que no fundo foi por isso que mais me apaixonei.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Falta tanto tempo, sobra tanta falta

Muito tempo sem escrever nada, minha cabeça já estava começando a falhar.
Lutei tanto pra ter um rotina simplória que agora que eu tenho estou enjoado e meu coração anseia por aventura, não que as coisas não estejam bem, pois estão.
Estou estável em um emprego merda, tenho uma namorada sensacional, moro no meu canto onde ninguém me perturba, mas eu sinto falta dá estrada, das incertezas de onde eu estaria amanhã, dos lugares feios, dos lugares bonitos, por mais que eu tente ir contra isso casa vê, mais eu sinto que nasci pra estar por ai, nao ter bem pra onde voltar.
Me sinto feliz l, me sinto em paz, mas me sinto incompleto e isso me inquieta. Não sei se estou apenas ansioso dá insônia dessa noite, que aliás sono é algo que sempre será um problema pra mim, nunca vai se regularizar. Mas precisava botar fora alguma coisa, estava sufocado
Boa noite

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

sobre nostalgia, alegria, paz e saudade.

Se eu disser que não sinto mais saudade estarei mentindo pra mim mesmo, são vários os momentos do dia que eu me pego pensando "que será que você estará pensando?", mas também não posso deixar de pensar na paz que tanto queria e hoje posso dizer que a sinto, mesmo com os pequenos problemas e stress do dia a dia que no total não significam absolutamente nada. Quando chego em casa a noite e deito e durmo com uma facilidade tremenda e a muito tempo não fazia, paguei um preço muito alto pra isso, mas tem valido a pena.
Não deixo de pensar se você está bem, comendo direito, dormindo bem, trabalhando e estudando, como está tudo no geral. Mas se dentro do nosso amor proprio não entendermos quando não fazemos mais parte da vida de alguém e nao respeitamos esse espaço estamos fazendo as coisas do jeito errado, amar consiste também em admirar e olhar só de longe, por mais que doa e doi muito não fazer mais parte da vida de alguém que tantos sentimentos bons ficaram.
Como diz a canção:

"She's the one - i've been told
Now she's wearing a band of gold
Peggy sue got married not long ago"

E que me deixa feliz é saber que você está feliz com alguém muito legal que eu sei que cuidará de você, o que me deixa derrotado é só lembrar que a deixei ir na ultima chance que eu tive de ter novamente em meus braços, mas isso só faz parte dos muitos erros que cometi e que me assombram.
Mas é a vida que segue, e o sentimento de felicidade que sinto agora, quero aproveita lo o máximo enquanto ele durar, como tudo, logo acaba, mas quer saber? que se foda.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Sobre a monogamia

Quando você teve a chance de percorrer por muitos lugares, notasse que a monogamia é uma ilusão, que o tesão é sempre muito maior que o sentimento de querer só uma pessoa. Porém quando se tem a chance de percorrer muitos lugares você percebe que ter um lugar pra voltar, é algo reconfortante e único, ter alguém para se firmar e ser seu porto seguro.
Por muitas vezes pensei ter encontrado esse alguém, talvez tenha até encontrado e perdido, eu considero que tenho um talento natural para afastar as pessoas que gostam de mim, quando sinto que pode ser algo maior eu corro, ou simplesmente fico com medo e fujo.
Tenho uma necessidade de estar com mais de uma pessoa, pois cada pessoa diferente me supre de uma forma, uma com carinho, outra com sexo bom, outra somente com sexo fácil, tem as que me suprem com ótima companhia e por ai vai indo, mas sempre tem aquela que ocupada todos os espaços , preenche todas as lacunas e parece ser a pessoa certa e é com essa pessoa que eu tenho medo de errar, já errei uma vez e a perdi, parece que estamos voltando, mas mesmo assim, ela está longe , muito longe e até ela chegar não sei o que pode acontecer quantos corações posso partir ou quantas pessoa possam partir o meu.
Mas tenho certeza que quero esperar por ela, não esperar sentado pois sei que ela é muito rápida e vai me alcançar na hora certa, e quando ela chegar tenho absoluta certeza que meu porto seguro vai finalmente estar instalado.
Cansei de contar as noites me sentindo só e triste, e ainda me sinto assim, toda pessoa que conheço a esperança de ser a ultima pessoa que eu precise conversar, que será aquela a "pessoa certa", o que me fode é nessa ansia de procurar, querer, achar, precisar alguém , quantas pessoa vou machucar pelo meu egoismo? a ultima coisa que quero é magoar alguém e acabo caminhando tudo errado por isso. Espero parar e me concertar, espero conseguir ainda fazer a coisa certa.
Monogamia é uma coisa socialmente e moralmente instalada e aceitada, mas quando você segue pelo simples fato de querer que aquela pessoa seja única na sua vida, acredito que funcione e se funcionar tenho certeza que é a forma de sentimento mais bonita que existe.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

3015

Obrigado as 3015 visitas que o blog atingiu, não sei quem são mas sou grato em saber que pessoas leem e espero que de alguma forma meus pensamentos possa ter ajudado em qualquer sentido vocês.

alegria e paz

não me incomodo mais, as coisas ruins que acontecem em um dia estão ficando naquele dia, não trago mais nada de amargurado pro amanhã, um novo dia uma nova bagagem, esse tem sido o meu melhor exercício diário e sem duvida alguma os resultados estão ótimos.
Tive um dia péssimo, quando me deito apago e acordo no outro dia deixando aquilo pra lá, cada vez mais conseguindo expurgar todas as lembranças ruins e desagradáveis.
Alguns sentimentos indesejados ainda não aprendi administrar mas já não me importo mais, já não ligo, já não fere.
se eu morresse hoje, agora, estaria morrendo feliz. Infelizmente não completamente realizado, porém muito leve e contente como sempre deveria ser claro q eu sei que essa calmaria não vai durar pra sempre mas pelo tempo q ela ficar será bem vinda e bem amada, a tempestade de qual eu sai hoje parece tão distante e finalmente minhas forças estão renovadas.
Só falta a disposição pra voltar a ler com afinco e vontade , e esse será meu próximo exercicio, voltar a ler e estudar pra valer.
hoje não terá lamentações, hoje é só alegria e paz :)  

sábado, 20 de agosto de 2016

Rascunho 14 (11/07/2016)

Todos os dias me sinto um completo imbecil pelos sentimentos que eu tenho,

Talvez

Hoje eu acordei meio triste, o que foi contra todos os outros dias. Recebi uma mensagem da minha mãe apenas falando que tava com saudade, não imaginava o quanto isso iria me atingir, um aperto me consumiu de um jeito forte não controlei as lágrimas, não me contive, chorei de manhã antes de ir pro trabalho. O dia todo com a cabeça longe imaginando como eles estavam como eu estou, eu que estou vivendo exatamente o que eu queria viver, como eu queria viver e agora me pergunto "E agora?" não que eu pensa em desistir mas não sei o próximo passo. Ninguém me interessa , as pessoas que eu tenho saído me parecem tão vazias e as que aparecem são ainda pior.
Minha casa não é bonita mas na minha cabeça ela é o melhor e mais belo lugar, aqui me sinto protegido me sinto forte, aqui é meu lugar, aqui nada me atinge, até abrir a primeira lata ou sacar a rolha, é quando o mundo real vem de choque e me faz lembrar quem sou eu, só mais um perdedor tentando ser alguém tentando vencer algo que nem sei ao menos o que é. Um dia já quis o mundo e um outro dia eu só queria um canto pra mim, hoje esse canto é o mundo que eu quis.
Hoje, a saudade me nocauteou como eu nao esperava que fosse, falei com minha familia, segurei as lagrimas enquanto falava com eles, conversando com as pessoas durante o dia, quando elas falavam sobre suas familias por perto, também segurei as lagrimas, e agora estou aqui escrevendo essas palavras sem segurar as lagrimas, e deixando elas se misturarem com a cerveja, respiro fundo e confesso que não to entendendo o que é. Minha alma está leve como há muito tempo já não sentia assim, isso me deixa feliz e me arranca sorrisos por varias vezes ao dia.
Afinal é esse o preço que quero pagar? a total solidão, longe de todo mundo que eu amo, amigos, familia, lugares, tudo? Será que afinal eu não sou o cara tão durão quanto achei que fosse, será que apenas fui fazendo sempre as escolhas erradas sempre e sempre?
Sinto vontade de me drogar, vontade forte de chapar fazer minha cabeça explodir, tenho sido forte a tentação não sei até quando, talvez eu precise morrer pra renascer e talvez seja isso que eu faça logo e talvez eu goste ou talvez eu me arrependa.
Quem sabe?
Talvez, seja só mais um domingo chegando. Talvez seja só minha alma lembrando que a solidão vai estar sempre aqui, talvez... talvez.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Rascunho 13 (16/07/016)

Você já se sentiu correndo atrás de alguma coisa que foge de você?
Que ao passar de um tempo quando acordasse e tudo era uma grande mentira.

Não é pra fazer sentido apenas um monte de palavras jogadas na noite feliz.

Os últimos meses tem sido uma loucura, principalmente dentro da minha cabeça, tanta coisa que eu sempre sonhei está acontecendo, minha casa cada dia que passa está criando mais e mais uma identidade e o prazer que eu tenho em chegar abrir algo pra beber e tomar não consigo descrever. Os sentimentos que me motivaram a cair na estrada e tentar ainda fazem doer minhas juntas algumas noites machucam e fazem disso uma solidão que perfura a alma como uma navalha.
Quando decidi que ia partir estava me sentindo um lixo, não sei o que teria acontecido se eu não tivesse vindo, hoje tenho certeza que fiz a coisa certa.
Minha cabeça ainda não está como eu gostaria, algumas sombras ainda passam e abrem as feridas, mas cada dia, cada hora, cada minuto, me sinto voltando, o que antes era um buraco horrível e escuro, hoje mais e mais a luz está mais bonita e se aproximando, quer dizer, no buraco já não estou mais porém ainda quero me sentar no campo verde de grama molhada pela orvalho e respirar ar puro. Queria poder trazer as pessoas com que gosto para caminhar comigo, e tenho feito o meu melhor pra isso, mas ainda estou limitado pela falta de dinheiro, meu salário mal da pra me manter.
A ideia mágica de encontrar alguém pra dividir minha vida, bom, essa por enquanto não vai acontecer já que tempo não é algo que eu tenho tido mas quer saber? Que se foda, tenho gasto energia demais chorando e me lamentando, queria simplesmente parar agora, já, mas não consigo, mas cada vez mais tenho conseguindo guardar isso pra mim e deixado pra lá , só é ruim quando não consigo dormir, essas noites são as que doem e que felizmente estão sendo poucas e pensar que alguns meses atrás poucas eram as que eu dormia.
O que mais me deixa contente é que a felicidade por enquanto é uma realidade, quanto tempo ela vai durar? não sei, mas enquanto está durando está sendo bom, e como já disse em algum lugar, minha vontade ainda é de abraçar todo mundo.

domingo, 24 de julho de 2016

Caminhando sozinho mas nem tanto.

"Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura" , escreveu Bukowski, e talvez essa seja uma verdade muito presente no meu dia a dia, todos os dias me vejo escrevendo nem que seja uma frase solta como forma de desabafo ou proteção.
Não me sinto feliz, mas atualmente me sinto satisfeito com minha vida, mas se tivesse a chance de ter você ao meu lado, faria tudo diferente, não tudo, mas as coisas que não soube lidar hoje eu saberia, seria nos dois contra o mundo mas dessa vez no nosso lugar, onde nada nem ninguém nos atingiria, todas as promessas de refugio e proteção eu poderia cumprir, nenhum fantasma ou demonio aqui me atinge, e eu teria força suficiente pra derrotar todos os seus. Infelizmente eu sei que não é assim que funciona, que simplesmente eu fecharia meus olhos e ao abrir nada teria acontecido e você estaria aqui comigo, a vida seguiu e as coisas mudaram, mas meu amor não diminuiu em nada durante esse tempo, e eu dizer que não penso em você todos os dias seria uma grande mentira, eu ainda lembro do seu cheiro, da sua pele, do seu sorriso... á o seu sorriso... da forma que me abraçava na hora de dormir.
Não posso dizer que me arrependo de ter te perdido, porque naquela hora eu estava perdido e não conseguia me achar mesmo em você não conseguia me achar, eu já passei por muitas fases desde que nós distanciamos e sei que cresci a amadureci e aprendi lidar melhor comigo mesmo e meus sentimentos, aprendi a entender melhor todos eles e nunca imaginei que um dia amaria alguém como te amo.
Também sei que simplesmente falar 'volta, vamos tentar aqui num lugar diferente" não adiantaria , não faria você voltar, mesmo que doa muito eu me conformei que acabou e que te perdi, vai demorar pro meu coração parar de sangrar e pras lagrimas secarem. Queria ter tido a chance de dizer um ultimo adeus, um ultimo abraço, e poder ter a lembrança de um ultimo sorriso seu, mas me conformei que não vai ser assim, e que as tera que ser assim como está.
Estou exatamente onde eu queria estar, na minha casa, tendo as coisas ao meu tempo sem ninguém, mas não posso negar que fazer da minha casa ser a nossa casa, as coisas ao meu tempo virar no nosso tempo e o sem ninguém virar com você seria maravilhoso.
Enfim, depois de ouvir muito blues, tomar muito vinho precisava escrever essas palavras pra me proteger da completa loucura, você falou pra eu não te esperar e não estou esperando, mas se você chamar eu não me importo de ir um pouco mais devagar pra estar novamente ao seu lado.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Palavras engasgadas por uma vida

Esse acredito que possa ser o desabafo mais difícil que já escrevi.
Tenho uma relação muito próxima com a depressão, não posso dizer se eu a tenho ou não pois nunca fui num medico pra confirmar, que difere que os sintomas tão aqui,  todos eles ou a maioria deles, mas por vergonha e comodidade sempre preferi guardar pra mim.
Nunca me senti totalmente feliz, sempre senti que estava faltando algo. Minha adolescência foi uma merda, coisas que hoje eu escondo pois também tenho vergonha, eu andava na escola com a turminha dos bagunceiros, já que a turminha dos não bagunceiros me pareciam chatos, não que os bagunceiros fossem legais. Mas eu sempre fui o esquisito, o que sabia as coisas nas provas e tinha que passar cola pra não apanhar, o moleque que eles zuavam e etc etc, e eu tinha muita vergonha de admitir que eles não eram meus amigos, e só um bando de babacas. No colegial as coisas se acalmaram e finalmente eu tive amigos de verdade, não fazia mais parte da turma dos bagunceiros até porque nem tinha mais isso na minha sala de aula, mas eu ainda era o magrelo, branco pra caralho esquisito demais. Eu não tinha nenhuma historia legal pra contar, então eu inventava, mentia um monte de histórias maneiras de como minha adolescência era legal, inventava amigos pra ter historias pra contar, até que descobriam que era mentira já que eu perdia o limite e contava coisas absurdas e ficava taxado como o otário, o mentiroso, e sempre acabava me vendo sozinho, até perceber que eu estava perdendo as pessoas pelas mentiras que eu contava e passei a abominar mentiras. Nesse meio tempo sempre pedia pra minha mãe me levar num psicologo pois não me sentia bem, e ela dizia "que magine que você precisa disso é bobagem" e essa frase ficou gravada. Até então com uns 19, 18 anos tinha ficado com poucas meninas, já tinha até perdido a virgindade, mas o curioso e que sempre eu era trocado por alguém muito mais interessante, ou mais bonito ou mais rico ou mais inteligente, algumas ficaram comigo só pra chegar em algum amigo que tinha alguma dessas qualidades a mais.
Tempo foi passando, e a história de ser trocado meio que se repetia, até por alguém que era religioso eu fui trocado. E nunca realmente entendi o porque disso, mas eram meninas que eu realmente achava legais, mas eu não devia ter o que elas queriam.
Inseguro pra caralho, desde novo, sempre me achando o pior e quando me achava realmente bom me sentia apenas mais ou menos, nunca realmente bom.
Quando eu tinha uns 6 anos, me lembro meio vagamente (tenho muita poucas memorias da mina infância) que um dia eu estava deitado na cama da minha mãe no escuro dizendo que queria me matar, e ela disse "pare de bobagem se não vou te por de castigo, acho que o problema de auto estima já vinha dai
Foi ficando difícil eu me achar em alguma relação, pois sempre o medo de ser trocado ia estar presente, entrei numa defensiva enorme, e quando não tinha o risco de ser trocado e as coisas estavam bem eu sentia que estava fazendo sempre algum mal pra pessoa ou não sabia lidar e saia fora, não ficava, procura alguma coisa dentro das minhas inseguranças pra não estar manter a relação.
2015 foi um ano bem difícil, com todos os altos e baixos possíveis, em Setembro meu pior pesadelo que é o de ser trocado aconteceu novamente, da pior maneira, já que dessa vez a pessoa que eu estava fazendo planos (não tínhamos nada ainda apenas planos) subitamente me trocou. Todas minhas frustrações vieram a tona, seria minha falta de coragem de ir atrás dela? teria sido que ela arrumou alguém mais bonito? mais rico? ou simplesmente aconteceu? Muitas coisas boas também aconteceram, pessoas maravilhosas fizeram o ano não ser de todo mal, algumas mudanças que eu achei que iam me fazer bem.
E não posso negar que  o desejo de tirar minha vida sempre estava andando do meu lado, mas como pra tudo eu nunca tive coragem de fazer, minha falta de força de vontade até nisso interfere. Por 2012/2013 um amigo muito próximo se matou, enforcado no banheiro logo apôs a namorada dele terminar com ele, tinha tudo pais lindos que apoiavam ele, um carro zero, muitos amigos, tinha acabado de entrar na faculdade que ele sempre quis ter, e sempre que ele se sentia triste era comigo que ele conversava e dessa vez não ele simplesmente foi lá e fez, quando eu recebi a noticia primeiro eu chorei de raiva e tristeza por não ter sido um amigo melhor e por ele não ter vindo falar comigo antes de fazer isso, passado esse sentimento eu chorei de novo mas dessa vez talvez por um pouco de inveja por não ter a força e a coragem que ele teve de fazer o mesmo. Em meados de 2015, recebi a noticia que outro amigo se matou, esse não era tão próximo quanto o outro, mas ainda sim era um amigo muito querido e isso me abalou novamente muito, e me fez pensar qual foi a motivação dele pra pular do prédio? Ninguém nunca soube e talvez nem vá saber, mas o que teria sido o estopim pra ele fazer isso?
Hoje, me sinto ridiculamente mal, a parte clichê é que eu to tão mal a tanto tempo já que me sinto acostumado com isso e não deveria ser assim. Sempre que alguém fala de suicídio pra mim eu fico completamente sem razão, só quero me distanciar o mais rápido possível dessa pessoa no fundo por medo de perder mais alguém próximo por isso e não conseguir fazer nada pra impedir e por inveja que se essa pessoa tiver coragem eu não vou ter depois mesmo tendo mais um motivo pra isso.
Mas do que vai adiantar desabafar com alguém sobre tudo isso? E depois ouvir um "é foda neah?" "ah mas vai passar" "essa fase sempre passa" e todas as frases vazias que não mudam nada, agora eu escolhi me isolar e viver em solidão de verdade, os primeiros dias estão sendo difíceis por problemas na casa mesmo, mas não me sinto tão mal, só me sinto como sempre me senti, sem ninguém o lado bom que eu não estou com medo de ser trocado já que não tem ninguém pra me abandonar agora e o lado ruim? Que o chuveiro não está funcionando e banho frio estando com 7 graus não é bom.
Ah, acabaram de ligar a luz espero que a metáfora se encaixe

Rascunho 12 (25/03/2016)

Então, numa madrugada vc revira o bau de memorias, arquivos e conversas antigas e se da conta que nunca foi sobre vc. Que vc era apenas uma distração, e so sente ainda mais confuso sobre tudo, so doi mais e mais. E q mais foi eh ainda se importar mesmo destruído. Nao ter forçar pra se juntar e se colar, nao ter forçar pra renascer, todo dia cada vez mais as coisas fazem menos sentido. E sempre mais frio, sempre tudo mais distante. E eu notando que iludi demais dando importância demais quando sempre apenas fui uma válvula de escape

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Quando as vozes falam.

-por que ele é assim?
-não sei também, é sempre assim desde que me lembro.
-sempre sozinho?
-sempre acompanhado, sempre se sentido sozinho.
-não deveria ser assim, e ele é feliz assim?
-as vezes, na maioria dos dias ele gosta de estar sozinho, mas quando está com alguém e ele esquece que se sente sozinho ele fica feliz.
-e quando ele está com alguém e lembra que se sente sozinho?
-é quando ele se esconde pra ficar sozinho, e quando ele não fica mais feliz, é quando ele grita e faz as coisas que ele faz
-e o que ele faz?
-você sabe, estraga tudo, com todos.
-a gente não deveria fazer algo a respeito?
-não dá tempo, normalmente ele não pensa, só faz.
-ele ainda gosta dela?
-de algumas sim de outras nem tanto.
-então por que alguns nomes sempre aparecem por aqui ou por ali?
-também não sei, alguns dias ele parece que quer alguém, mas os outros, os malvados fazem ele pensar que não vai ter ninguém, ferem ele, e não consigo impedir, os outros são muitos pra mim e o que eles falam entram como uma faca afiada.
- e o que você fala não entra?
- entra, mas é difícil trocar pela vontade dos outros.
-entendo, por isso ele anda tão confuso? parece que não tem fim isso.
-Os ultimos tombos foram difíceis, ele escolheu se isolar por completo, ainda ta cheio de machucados, quando eu consigo curar um, um antigo abre, e fica indo assim, não vai dar pra fechar tudo agora, entao vamos nos mais leves e deixa os maiores sangrando.
-mas não é pior? quer dizer os maiores doem mais não doem?
-sim, muito mais, mas é onde os outros cutucam, eles são muitos não posso contra, então faço o que dá.
-os outros sempre estiveram por ai?
-sim, mas não eram tantos, mas as coisas que dão errado surtirem mais efeito no dia a dia que as coisas que dão certo nos ultimos tempos foram desgastando e fizeram os outros ficarem mais forte, e hoje eles parecem indestrutiveis.
-e são?
-indestrutiveis acho que não, ele só precisa de um pouco de paz, mesmo ferido, ele conseguiu outras vezes que pareia pior.
-parecia ou era pior?
-não existia tanto dos outros malvados, mas as situações eram piores talvez.
-queria conseguir ajudar ele.
-você é um dos outros, mas não tão malvado como os outros
-não queria ser
-nenhum deles queriam ser, eles acham que estão fazendo o melhor.
-mas as memorias são boas para serem perdidas
-as memorias sim, as consequências delas não, ele ve demais, imagina demais, vai longe demais em pensamentos sempre, ele é consumido pelo outro do "se" , talvez esse seja o pior e que mais aparece.
-eu não queria que fosse assim, só queria que ele ficasse feliz com as coisas bonitas que ele fez e passou.
-mas ele só fica triste depois por não ter mais nada disso.
-mas não é culpa dele.
-ele sabe, mas se sente culpado.
-não deveria
-é a mania de querer abraçar o mundo mas nunca olhando pra onde ta pisando, vai acontecer mais vezes.
-e os medos dele será que vão mudar?
-duvido, acho que só estão mais do mesmo, mesmos medos mas maiores, não posso tirar a razão dele, as coisas se repetiram de um jeito pior que antes em muito pouco tempo.
-mas afinal, quais seus planos?
-se eu continuar fazer ele levantar todos os dias, pra mim estará sendo uma vitória.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Masturbação, escritas e sonhos.

Quão louca são nossas necessidades a ponto de levantar da cama as 3:30 da manhã pra tomar um iorgute, sentir vontade de escrever e depois se masturbar pra ir dormir. Quão fragil são nossas armaduras a ponto de quando elas explodem fica tão dificil de remontar? Numa noite fria e escura cheia de nevoeiros tudo que eu mais queria era um abraço com os dizeres de que vai ficar tudo bem, mas encontro somente minhas mãos tremulas e nada mais além.
Um pé gelado rossando no outro na esperança de esquentar o corpo todo, mas quando na verdade a alma que está fria e pedindo por alguma coisa que ainda não sei mas estou procurando, uma boa noite de foda, uma boa chupada numa boceta molhada, não sei.
Mas sei que antes o desejo de alguém do meu lado para construir minha vida era meio indiferente mas hoje é algo que eu procuro e muito, alguém que eu possa ver o sono rolar, fazer carinho no cabelo, beijar a testa dizendo que a amo, procurar alguém que possa ter uma noite de sexo, seguido de filme e depois sexo, alguém que eu possa beber algo junto falando merda, ir no bar, ir no cinema, viajar, alguém pra dividir meu dia, alguém que quando eu estiver cansado vai me abraçar e dizer "vamos pedir comida mexicana?", alguém que me veja jogando e pergunte "o que é isso que vc tanto joga?", alguém que tope as 4 não fazer e nem falar nada, ficar olhando apenas um para o outro e fazer daquele momento eterno. Esse alguém possivelmente não vai existir, quase não me enxergo mais em uma relação que funcione, apesar de sempre querer fazer o bem tenho um lado imbecil e incontrolável que vai estragar tudo. Sinto cada vez mais distante de coisas concretas (quando se diz relacionamentos), não sei lidar com meu passado e muito menos com meu presente dentro desse assunto, já não sei se minhas mãos tremem de frio ou ansiedade e euforia, já não sei se eu choro pelo que eu perdi ou pelo que eu nem vou conquistar. As vezes, muitas vezes, penso nas minhas lamentações e me acho um tolo, ma escrever essas coisas me ajudam e não enlouquecer por completo.
O isolamento que eu tenho escolhido pra mim já não sei mais o que representa, mas quero mais dele, quero me isolar completamente, não ser sozinho por completo, mas estar no meu lugar, no meu espaço, sem ouvir vozes que não quero ouvir, sem ter que me preocupar com nada só comigo, espero que quando conseguir isso eu me acalme por um tempo, me sinta menos pior do que ando me sentindo.
Dias bons e dias ruins se intercalam, nos dias ruins faço bobagens, vejo coisas que não quero ver que sei q vão me machucar mas vou fundo e aperto a ferida pra ver sangrar e sempre sangra, nos dias bons me sinto pleno e no caminho certo e assim tem se resumido minhas semanas, meu coração e minha alma estão carregados de má águas, espero conseguir jorrar logo antes que me envenene mais.
Ainda me vendo por aí por sexo barato na promessa de fazer o melhor oral, nisso eu sei que sou bom, sexo e pretendo continuar cumprindo a única promessa que sei que posso cumprir que é fazer uma mulher gozar.
Mas primeiro , hora de me masturbar e dormir.

sábado, 18 de junho de 2016

Não é pra fazer sentido apenas um monte de palavras jogadas na noite amena.

Nossa relação com as  pessoas é algo muito louco, já penso quantos perdões você já deu pra alguém que não valia a pena? E quantos perdões você já negou pras pessoas que fazem realmente a diferença pro bem pra você? Quanta gente que nos fizeram mal trouxemos pra perto de novo? E quantas que fizeram bem mantemos distancia?
Acabamos aceitando muitas coisas sem sentido apenas por comodismo, e muitas vezes esquecemos que alguns perdões não valem a pena e outras valem mas não usamos ele.
Longe de ter a ver com isso, cada vez mais percebo como gatos são sensitivos, chegue triste em uma casa que tem um gato e vc vai ter o bichano ao seu lado o tempo que for até você se sentir melhor, cada vez mais comprovo isso e acho sensacional, queria que as pessoas que a gente gosta fossem como gatos e sentissem que estamos tristes e viessem com cobertor e chocolate quente, ou cerveja também, é acho que hoje cerveja seria mais legal, mas enfim, não importa.
Continuo tendo um turbilhões de sentimentos, cada vez mais sinto que estou perto da paz que tanto procurei, mas o caminho que escolhi está saindo caro, digo, tem sido cansativo todos os dias, me sinto bem sozinho, mas cada dia me sinto mais e mais só, ada discussão desnecessária que acontece, mas me ferido me sinto, em alguns dias irei pra minha nova casa, estou ansioso e feliz por isso, mas cada dia até lá tem sido uma eternidade, Ainda sou tomado por uma forte falta de ar em alguns momentos, sabia que não seria fácil, eu queria que fosse mas sei que não é, mas mesmo assim é muito dificil me livrar da sensação que sempre é mais dificil. Nunca achei que um abraço faria tanta falta.
Tenho certeza que as coisas vão rolar e vão dar certo, mas em alguns dias, porra como é dificil.

Rascunho 11 (08/06/2016)

29 anos, mais um aniversario longe de todas as pessoas que amo, que gostaria de festejar e beber e dar risadas amar e ser amado, mais um aniversário sem nenhuma historia muito louca acontecendo como costumava ser,

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Um hoje bonito um amanhã melhor

Eu gosto de pensar nas coisas que aconteceram que nos fizeram chegar onde estamos, como os planos mudam, renovam, dão errado, dão certo e a vida vai nos guiando.
Estamos no meio do ano, e se perguntassem qual seriam meus planos no começo do ano para hoje eu diria que era estar morando junto de alguém, pedindo em casamento ou qualquer coisa assim. Eram planos bonitos e apaixonados. Se a mesma pergunta fosse feita há 3 meses atrás, talvez fossem planos mais obscuros e menos coloridos. Há 1 mês, a resposta seria estar exatamente onde estou agora.
Amanhã entro na casa do ultimo digito dos 20, batendo na porta dos 30 e se eu pensar todos os planos meus que fracassaram acho que eu choro , e os que deram certo? Não sei dizer, tudo que deu certo na minha vida nunca foi planejado simplesmente aconteceu.
Hoje acordei bem mais leve, não sei explicar como nem o porque, só sei que acordei feliz e sentindo que as coisas podem melhorar um pouco e se não melhorarem que se foda, por muitas vezes eu cavei minha própria cova e não me abalei, agora que me empurram não posso mais me permitir me abalar mais. Em alguns momentos aceitar que perdeu, e ficou pra trás não é tão ruim.
Reflexões em aniversários é bem natural pra mim, gosto de pensar tudo que vivi as coisas que realmente valeram a pena ter passado e as que não valeram, as pessoas que entraram e saíram na minha vida nesse ultimo ano que se passou, se as pessoas que estão entrando vão ficar ou vão sair, qual vai significar algo, qual não agregar nada só magoas e no fim, prefiro deixar estar e aguardar as decepções e me surpreender com as coisas boas.
Até que para um final de semana tão pesado esse começo tem vindo muito bonito.

domingo, 5 de junho de 2016

Sem título

Então você ta bem, algumas coisas já não estão doendo, as feridas estão fechando. Mas igual quando a gente rala o joelho quando criança, alguem cutuca abre e doi de novo? A troco de deixar você sem entender nada o real motivo ou sentido.
Assumi meu erro, ignora a porra toda que a outra pessoa te fez, mesmo isso te deixando derrotado e arrasado, e quando as coisas vão ficando mais calmas, decide continuar a vida, percebe que aquilo é pagina pra se virar a pessoa vem, surge, fala coisas que te deixa sem entender e some, ou sei lá se some.
Todo tempo que levou pra eu começar a me sentir bem, em paz, com algumas palavras sem sentido nenhum retrocesso, minha cabeça volta a ficar um lixo. A pessoa que fez questão de em quase todos os dias dizer que como outra pessoa faz bem pra ela, de como o carinho de outra pessoa são os melhores, que faz questão de deixar claro o quanto você só uma pessoa horrivel que passou pela vida dela e só, uma pessoa que faz um discurso de empatia, de respeito, de amor, mas por trás dos panos é só uma pessoa horrivel, que não perde a chance de aparecer nas horas mais aleatorias e bagunçar tudo.
Estou longe, muuuito longe de ser a melhor pessoa, e os lugares que eu desabafo, e chora minhas magoas são lugares meus que ninguém é obrigado a ver, não mando mensagens num sabado a tarde deixando sem entender nada.
Hoje é domingo, eu odeio domingos, e esse em particular já estou odiando mesmo sendo ainda 7 da manhã, Estava conseguindo dormir, mas nao essa noite e nem nas proximas, vou ter um domingo dos meus prediletos com a cabeça cheia, todas as porras das minhas inseguranças gritando no meu ouvido, um monte de fantasmas puxando meu pé, me sentindo como sempre o fracasso que sou, por causa da porra de um email sem sentido, não pelo que estava escrito nele, mas pela forma que ele foi escrito, o momento, a obscura razão que não existe.
Nietszche mesmo fala que quando você olha para o abismo tem que tomar cuidado pois o abismo olha de volta pra você, e bom, o abismo não só olhou pra mim como entrou, me deixando pior.
Normalmente as chances do amor virar magoa são sempre bem grandes, e também acontece muito do amor virar magoa e depois voltar a ser uma lembrança de amor, uma bosta fica quando a lembrança de um amor volta a virar magoa e uma profunda tristeza.
Lembro que você me falou que não era pra eu te esperar, você não joga pedra na janela de quem você  falou pra não te esperar, ainda mais quando essa pedra não tem um real sentido uma verdadeira mensagem, quando essa pedra é única simplesmente para quebrar uma janela, janela de uma casa que você arrombou a porta e a porta estava quase concertada. Se eu te fiz um mal um dia, você devolveu muito pior, a troco do que? Não sei também, mas fez perder qualquer admiração que já tive um dia, só me deixou a impressão de que você realmente não é a pessoa boa que diz que é.
Obrigado, pelos proximos dias longos e infernais que virão e pelas noites que ficarei sem dormir,

terça-feira, 31 de maio de 2016

Não é pra fazer sentido apenas um monte de palavras jogadas na noite fria.

Procurar sentido de mais nas coisas faz um mal tremendo pra nossa cabeça, na maioria das vezes nem significam tanto assim mas queremos que aquilo seja algo , que importe, sejamos importantes, lembrados.
O medo do esquecimento podem nos deixar malucos, pensar que ninguém mais lembra de ti faz um estrago na alma, pensar que seu valor não era tão grande quanto você achava faz o coração chorar.
E quando eu reparo eu travo, perco o ar, perco o sono.
Fico seguindo em uma eterna busca pra preencher os meus vazios, e cada dia parece mais que essas buscas tem sido em vão, cada dia está mais dificil me sentir satisfeito. Hoje eu estou contente, por estar tentando. Minha opção foi de correr pra longe de tudo que fazia mal, eu corri, e isso me fez bem , mas ainda sim não consigo encontrar alguma razão. Não sei acabei ficando seus sonhos pra persistir, ou alguém pra me fazer querer correr atras das coisas, me sinto vazio, sem chão, sem teto, sem paredes, em uma sala branca não existe nada em volta, nem ninguém . As vezes aparece um sorriso ou outro, mas sempre são distrações, nada que realmente venha colorir.
Comecei em um assunto e do nada eu mudei, é um bom reflexo de como tenho me sentindo, ainda acho que não deveria mais me importar com as pessoas e não consigo, preciso ficar pensando se elas estão bem ou não, se elas não estão fico preocupado e pensando no que eu poderia fazer pra ajudar e a resposta é sempre a mesma: nada, absolutamente nada.
São 1:08 da manhã, meu sono evaporou, acabei me empolgando e lendo demais e fez minha cabeça surtar em pensamentos, o lado bom é que ao menos tenho conseguido ler conteúdos mais pesados, mas os mesmos velhos pensamentos voltam " e se tivesse feito..." e isso sempre vai me matar, pensar demais, e na hr de fazer alguma coisa não pensar sou traido pela impulsividade.
Eu já tinha ouvido falar da crise dos 30, ela está chegando um pouco cedo, não sei se minha cabeça anda tão atordoada por estar chegando mais um aniversário o ultimo na casa dos 20, e nenhum plano eu consegui realizar, e tento desesperado inventar qualquer coisa, pra preencher essa lacuna.
Não é pra fazer sentido, nada que ta escrito aqui hoje é pra fazer sentido é apenas um desabafo noturno e triste de quem já se conformo que sempre vai estragar tudo e sempre afastar as pessoas que gostam de verdade, alguém que só queria dar flores mas sempre acaba só jogando pedras nas horas erradas. E sabe o que? Queria de verdade estar chorando agora, mas não consigo, só um enorme pesar nas costas.
Com um medo gigantesco de mais uma vez fracassar, um medo gigantesco de ter a vergonha de voltar com o rabo entre as pernas, sempre digo que enquanto tenho pra onde voltar não tenho medo de tentar, mas é uma enorme mentira, o medo de fracassar dessa vez mais do que nunca tem me apertado o peito, e ta doendo, só espero que algo bom aconteça ,só espero que boas noticias e que amanha seja maravilhosa, que esse mês o cosmo reserve algo pra mim, algo bom, mesmo eu tendo estragado todas as coisas boas que ele trouxe, espero saber aproveitar melhor o que virá ou quem virá.

sábado, 28 de maio de 2016

Rascunho 10 26/05/2016

Esse primeiro semestre desse ano tem sido de longe o com a maior avalanche de sentimentos, frustrações, amor, magoa, brigas, pazes, mudança, esperança, muita coisa.
Quando resolvi mudar eu me sentia totalmente por baixo, coberto de arrependimentos e sensações ruins, vai fazer quase 3 semanas que vim, e muita coisa tem mudado, algumas magoas ja não existem mais, outras cada vez menores, alguns nós confusos já estão quase totalmente desatados.
Eu ficava procurando sarna pra me coçar, e a primeira medida que eu tomei foi parar com isso, deixar as coisas que estão longe, longe. Nesse meio tempo, todas as vezes que passei por situações parecidas eu me fechei completamente, mas dessa vez quis fazer o contrario e me abri, me permiti, por enquanto tem sido ótimo, tenho vivido experiências intensas e totalmente diferentes doq eu estava habituado pra todos os extremos, tenho me sentido vivo e lutando cada vez mais pra estar vivo e não estar só sentido e essa parte não está fácil.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Nota de dor

Ontem fez um ano que uma pessoa bem próxima se matou, com ele foi o segundo amigo que fez a mesma coisa de formas diferentes, o que faz um ano se jogou da janela mas ninguem nunca soube o motivo o outro se enforcou no banheiro após o termino de um namoro, no começo desse ano um outro amigo muito proximo tentou o suicidio também, mas talvez fosse apenas um pedido desesperado de socorro porém a ideia de saber isso foi horrivel pra mim
A sensação de impotencia e fracasso ao saber que um amigo proximo e querido se matou e tão grande, um sentimento de fracasso de que "eu poderia ter feito algo, deveria ter ido conversar mais com ele" ou qualquer coisa assim, um assunto delicado e que não sei lidar, quando alguém fala pra mim que quer cometer esse mesmo ato, meu cerebro desliga eu fico em choque nao sei lidar, na minha cabeça não entra e não se conforma com a ideia de perder mais alguem assim. No geral as pessoas não entendem o quão dificil pra mim é lidar com esse assunto, tento disfarçar mas ontem e hoje tão sendo dias bem difíceis com a cabeça cheia e um certo forte ar de desespero e que nem prefiro comentar com ninguém
Esse é um dos problemas de ficar se demonstrando sempre bem, um dos poucos pontos que te deixam um lixo, as pessoas preferem não entender e só ignorar o fato que voce nem sempre pode ser forte, que nos raros dias que você cai, doi muito mais já que o tombo não é constante.
Muita saudade André e Juninho.

domingo, 22 de maio de 2016

Domingo

A linda Snow dorme no meu pé enquanto penso essas besteiras que escrevo, ela é uma gatinha branca linda com um olhão azul, reclama o dia inteiro , mas na hora de dormir ela vem pro meu pé, fica enroladinha no cantinho sem incomodar.
Domingo desde que eu aceitei um estilo de vida de viagens , sair por ai ou simplesmente mudar do nada, é um dia muito dificil, parece que todas as nostalgias batem e eu vou procurar saber como estão todas as pessoas que eu pensei nesse tempo, fico feliz e triste ao mesmo tempo, acabo lendo coisas demais, vendo fotos demais, sabendo demais, mas não consigo controlar e sempre o faço, é um momento que eu tiro pra lembrar dos erros que eu cometi e não quero cometer de novo, dos motivos que dei pra sorrir. Enfim é um dia de muita saudade, da familia, dos meus amigos, dos meus antigos e não tão antigos amores, é um dia que sempre me da vontade de desistir de tudo, me da vontade de chorar, de ligar pras pessoas dizendo que eu amo elas e porque amo elas, mas não faço isso como sempre, pela minha covardia.
Eu tenho uma infinidade de rascunhos escritos que não tenho coragem de publicar, outras que tenho tido coragem e publicando conforme meu coração diz pra fazer, aqui eu deixo pra ficar todos meus pensamentos ruins, todas minhas magoas pra ajudar elas a passarem, tem passado, desde que cheguei em Curitiba as coisas tem melhorado na minha cabeça e muito, tenho conhecido coisas novas, praticas sexuais bem diferentes do meu habitual que muito tem me interessado, me envolvendo cada vez mais com uma menina tão linda quanto o sol da manhã, mas ainda sinto um vazio estranho, nao sei como preencher nem se vou preencher, cheguei aqui arrasado, enquanto ainda estava em São José, mentira pra mim mesmo que iria melhorar lá, mas não melhorava, aqui tenho me sentido mais forte, mais vivo, me sinto livre de novo, como havia prometido. Mas esse vazio me incomoda.
Ainda sinto saudade da minha ex namorada, ela costumava ler aqui, acho que ela não lê mais, espero, não quero mais atingir ela ao contrario do que ela pensa, nunca fiz de proposito, sempre quis voltar e quando fui ter coragem de falar já era tarde, e foi ficando ainda mais tarde e sinto que estraguei tudo ainda mais, a vida dela andou, a minha também, mas eu ainda tenho um sentimento muito forte de querer ela bem que ela seja realmente feliz, e acredito que ela tenha me superado e se não com certeza vai superar muito mais rapido que eu pelo estilo de vida e idade, quando se tem 20 e poucos as coisas nos afetam muito mais porém duram menos, agora já perto dos 30 as coisas nos abalam de jeitos diferentes até porque ao menos eu já não quero alguem na minha vida só por estar lá, se quer alguém pra construir a vida junto e isso não dar certo e virar algo horrível machuca e uma dor dificil demais de curar eu ainda to aprendendo. Mas não muda o fato que ela foi e sempre será muito importante pra mim pois foi a mulher que me ensinou a amar e que espero um dia possamos ser amigos pelo menos de novo.
Hoje pensei muito na Gabriela, ela vai casar, e eu to tão feliz por que ela tenha arrumado um carinha bacana, eu tomei tanto bronca quando nosso namoro acabou rs, eramos sem duvidas o casal mais legal e divertido de todos, como ela era doce e engraçada, fora a inteligencia dela talvez uma das pessoas mais inteligentes que já conheci, eu tinha ficado tão feliz quando voltamos a ser amigos, uma pena que com ela ter começado a namorar o carinha bacana ela se afastou totalmente com razão, agente termino sem nunca ter sequer brigado, pelo contrario, nossa única "briga" foi mais um monte de gente brigando comigo por eu ter deixado ela esperando um tempão, por ter perdido a noção do tempo, mas vacilei e não tinha perdão o que eu fiz, boa e velha traição, pra variar não lembro, mas fui burro mesmo não lembrando tive que arcar com as consequências.
Esses dias tava conversando com a Ravena, sem duvida a pessoa mais louca que passou na minha vida, eu e a Ravena eramos iguais demais, rebeldes demais, bebados demais foi tudo tão rapido e intenso desde da raiva o amor as pazes a amizade, tudo muito louco, mas foi legal ela me ensinou demais principalmente sobre amor e suas infinitas formas, e ainda que a gente converse pouco, ainda conversamos as vezes e é sempre tão bom.
Me lembrei de como é sempre bom ir na cozinha da casa do Edu, encher a cara, conversar e ouvir boa música, como nossas vidas sempre estão em fases parecidas, de todas as merdas que aprontamos juntos.
Me deu uma saudade absurda do Luh, de como eramos unha e carne, era impossível pensar em um sem lembrar do outro, viagens, bebedeiras, choros, maravilhoso tudo, a vida levo cada um pra um canto mas quando a gente se encontra é tão fabuloso , tão bonito, que parece que estavamos juntos ontem, o cara que tenho total certeza que mesmo velho ainda sera meu melhor amigo.
Vontade louca de abraçar o Felipe e ouvir ele falando que vai ficar tudo bem, que mesmo com tudo muito fodido , muito ruim mantém a boa energia, melhor artista que já conheci, melhor pessoa do mundo, todos deveriam ter um Felipe nas suas vidas, que cara espetacular.
Enquanto a linda Snow continua dormindo quentinha e fofa aqui, lagrimas escorrem no meu rosto, tanta gente que eu lembrei, tanta gente que eu amo e por muitas delas ainda tenho a felicidade de ser amado, acho que isso que me da forças, os que me querem bem os que são bons e abraçam e falam "você ta bem irmão?" isso é maravilhoso.
A vida é linda, só é muito dificil.

Rascunho 09 03/01/2016

A pior traição nunca será a física e sim a de sentimentos, a magoa de ver a pessoa que você ama dizendo que ama outra pessoa, é de longe as piores das dores, e tudo que ela trás junto, tudo que ela representa é muito grande, eu te amo é forte demais pra ser usado em qualquer ocasião é um sentimento que representa coisas demais pra ser jorrado assim, dói perdoar isso, mas quando a gente sabe o que isso representa não é dificil perdoar, mas é muito dificil esquecer a sensação.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Trem da noite.

Pra mim a noite sempre foi um horario complicado de lidar, tenho insonia, durmo muito pouco. E acabo sempre consumido por pensamentos idiotas. Entrei numa fase nova da minha vida, e estou muito contente como a muito tempo não me sentia, vivo com um gás novo, mas ainda me prendo em coisas bobas que não deveria me importar mais, não importa se são coisas de 3 meses atrás ou de 4 anos atrás, elas vem e vão, o famoso "se eu não tivesse dito aquilo" ou "se eu tivesse dito aquilo" , isso não muda nada. Mas mesmo assim, chega de noite, essas coisas vem junto, queria ter coragem de realmente desabafar as coisas todas, mas envolve outra pessoas e não seria justo fazer isso com quem não tem nada a ver com minhas confusões, pior que sempre me sobram muitas duvidas, acabo me sentindo meio et por não entender algumas coisas.
O que eu mais sempre me pergunto é se hoje eu ainda me apaixonaria pelas pessoas que eu ma apaixonei, se as tivesse conhecido nesse minuto, e sempre acho que não. Mas por mim que por elas, oque me faz me apaixonar eh muito mais o momento que eu estou vivendo e o tanto que aquela pessoa acaba combinando com aquele momento. Mas ai chega a noite, e tudo isso muda, eu fico imaginando se eu ainda estivesse com alguma dessas pessoas onde eu estaria? O que eu estaria fazendo?
De todas que eu amei, sempre vou ter uma predileta, a que eu mais me arrependo de ter deixado ir, e  engraçado que foi a que eu menos lutei, acho que sempre achei q ela fosse demais pra mim, e depois dela eu prometi pra mim mesmo que não deixaria de lutar por outra pessoa de novo e mal sabia eu que esse iria ser meu maior erro, porque quando tentei lutar por outra pessoa, estraguei tudo mais do que ja tava estragado.
Nossa cabeça e as peças que ela prega na gente, mas são apenas pensamentos da noite,

sábado, 14 de maio de 2016

Rascunho 08 07/05/2016

O quão difícil é perdoar quem a gente ama? Existem níveis de perdão? Exemplo: esse eu amo menos então é mais fácil perdoar os erros, queria entender essas coisas pois sempre achei que quanto mais a gente amasse mais fácil seria desculpar essa pessoa e  o contrario disso. Acho que não aprendi direito as regras do jogo.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Rascunho 07 02/05/2016

Sinto cada vez mais que hora da mudança vem chegando, sinto uma euforia muito forte dentro de mim e uma energia muito mais forte me chamando pra ir pra novos mares, e quero conquistar todos, sem medo como sempre tinha que ser, como sempre fiz.
Não tenho dúvida que vai ser dificil, mas também não tenho duvida que vai ser bom, minha vontade

O que fazer.

O que fazer quando não se esta bem? O que fazer quando se está péssimo e faz as pessoas próximas sofrerem? O que fazer quando nada te faz feliz? O que fazer quando se vive com um gosto amargo engasgado? O que fazer quando estraga tudo? O que fazer? As coisas só deveriam funcionar simples e redondas O que fazer quando duas almas quebradas se chocam? O que fazer quando você poderia salvar alguém, mas não salvo porque não consegue nem se salvar? O que fazer quando a ferida doi? O que fazer? O que fazer nas horas difíceis?
Eu escrevo para acalmar meus fantasmas, e de certo modo funciona, mas tem dias que fica dificil demais.
Eu já não sou feliz em casa faz tempo, e chega um ponto onde somos tão estrangulados pelas nossas vidas que isso transborda em outras pessoas, e você burramente agredi e se agredi também, mas por ter um espirito livre não suporto correntes no meu pé, não suporto a ideia de que não posso ter o meu momento, ter a minha paz, e isso que eu quero agora, encontrar minha paz, seja lá onde ela estiver, já não consigo mais achar justo nao olhar pra dentro de mim, não consigo mais achar justo priorizar a minha felicidade. Eu sei que sou feliz assim, já fui algumas vezes, e porque não ser de novo?
As vezes eu só quero ver o sorriso mais lindo, mas por minha culpa não vou mais ver ele, hoje ele é estranho pra mim, eu sei que poderia ter feito esse sorriso sempre crescer, mas ele chego na hora errada, e eu pus tudo a perder, e o que fazer? Entre tantas coisas isso eu ainda não aprendi a fazer, então, porque não ir pra longe? Ser um espirito livre de novo, voltar a ter a bebida como minha companhia e ser minha unica preocupação o que vou comer amanha, pra muita gente isso é um tapa buraco, isso não é vida, mas assim, me sinto vivo. Não nego, que seria feliz com meu sorriso comigo, poderia proteger ela esmo ela acreditando que não, porque eu dei motivos pra isso, mas tudo bem, eu prometo pra mim mesmo que será minha ultima noite triste, só me sentirei livre novamente quando estiver na estrada, algo muito forte me chama e dizendo que agora é a hora, e não posso negar toda minha gratidão aos que me incentivaram e os que vão me ajudar, mas também não nego que minha maior motivação é minha alma quebrada  e eu preciso descobrir como concerta lá, melhor seria com meu sorriso, mas vou conseguir sozinho e provar pra quem falo que eu sou louco, que sou mesmo, mais eu quero ser feliz, não aguento mais esse vazio essa angustia essa infelicidade, como diz a canção.  "Se o melhor que eu faço é errar então chegou a hora de aproveitar".
Provavelmente será a ultima vez que eu irei escrever aqui antes de ser um espirito livre novamente, então com todo meu amor.
Adeus

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Rascunho 06 26/04/2016

Era um sabado de verão, estava bastante calor, ele solteiro convicto com uma única vontade de comer todas, ela solteira recém desiludida, mas não deixando de pegar todos que tinha vontade, ambos sabiam o que queriam mas jamais iriam imaginar o que ia acontecer.
Ele desprendido se permitiu rapido demais, aquele sorriso não dava pra não se permitir, ela viu nele o que nenhuma outra jamais havia visto, ele estava lá pra ela e ela estava lá pra ele, eles se abraçaram, se beijaram e foram felizes para sempre, um sempre curto, mas o que vale a pena é um sempre eterno? O que é eterno? Ouvi boatos por ai que era amor na sua forma mais sincera, ouvi boatos por ai que os dois eram perfeitos juntos em sua sintonia, ouvi boatos até que eles iam durar pra sempre, um sempre curto, mas o que vale a pena é um sempre eterno?
Ouvi boatos que as promessas de eternidade foram quebrados, eles não ficaram pra sempre juntos, mas

Rascunho 05 23/04/2016

Como funciona nosso coração? Já amei não muitas mulheres, mas já amei,

Rascunho 04 24/04/2016


Alguma você teria coragem de dizer quais foram as mentiras que vc já conto? E as verdades? Ate onde e ate que ponto sua sinceridade estava realmente la? Tenho pensado muito ultimamente na coragem ou falta dela de falar as coisas.

Hoje mais do que nunca necessidade de mudança de ares novos rostos nova vida, um grito de mudança, cada dia que passa o sentimento que estou enlouquecendo mais me domina, não quero fugir do passado e sim apenas criar uma nova história na minha vida, com novas esperanças e porque não novos amores, mas como começar algo do zero? Preciso de ajuda e nao tenho coragem e nem sei como pedir. Enquanto isso sigo com minhas dúvidas banais e meu dia a dia pavorosos e arrastadas.

terça-feira, 26 de abril de 2016

Sombras.

Minha mente muitas vezes vive um momento negro, onde as coisas ficam confusas, sentimentos, angustias frustrações, alegrias, tristezas tudo tudo se confunde virando uma massa estranha, E uma tentativa burra de colocar ordem na casa me isolei, afastei as pessoas que mais me queriam bem, e isso aconteceu por diversas vezes. Sempre tenho a sensação que as melhores pessoas chegam na minha pior hora. Sempre fui assombrado pela falta de dinheiro, já fui muitas vezes trocado por pessoas com dinheiro pelo simples fato que eu não tinha como levar uma mulher para sair e não sentia segurança para estar com ela achava que ia acabar sendo trocado (isso quando não fui).
Sempre acabei tendo um talento natural de destruir relacionamentos bacanas por medo, e machucando alguém que eu gostava e me machucando, arrependido e sem coragem depois de perceber a cagada em querer reatar e nunca tentando, insegurança de acabar levando um fora ou receber a noticia que tinha outro, colocando em prática aquilo que eu teria medo que acontecesse mas que quem provocou foi eu mesmo.
Outras vezes, dentro desses momentos negros da mente as coisas feitas impulsivas parecem tão certas, que demora um pouco pra perceber o quanto não deveriam ter sido ditas ou feitas, paranoias criadas na minha própria imaginação doentia de situações que nunca existiram, mas que pra mim eram bem reais simplesmente porque eu queria que fossem.
Não faz muito tempo eu acabei saindo de um desses momentos terríveis,  e vi quanto coisa burra eu fiz e provoquei, dificilmente vou concertar simplesmente por não ter coragem de concertar, na tentativa de querer abraçar e salvar o mundo fui egoísta, o mundo que eu abracei soltei em um abismo, abismo que só consigo enxergar agora, estranho que eu me sinto triste por tudo que fiz as pessoas, internamente peço perdão a todas elas, todos os dias, mas não tenho coragem de dizer isso pra elas, e não é orgulho é insegurança. Me escondo por trás de risadas, sinceras risadas, mas ainda sim uma fuga.
Muitas coisas que preciso melhorar, muitas coisas que preciso mudar e a primeira deveria me permitir mais ser ajudado.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

E se

E se eu te chamasse pra morar comigo?
E se eu disser que te amo?
E se eu disser que já não me importo com o que aconteceu?
E se eu perguntar se você gosta de café?
E se eu lhe fizer massagem?
E se eu lhe fizer gozar?
E se eu lhe convidasse pra jantar?
E se eu pudesse cumprir todas as promessas?
E se eu lhe desse flores?
E se eu lhe desse flores roubadas?
E seu lhe fizesse gozar?
E se eu realmente não me importar mais com o que aconteceu?
E se tudo foi um sonho ruim?
E se tudo foi um sonho bom?
E se você pudesse ver o futuro e eu estiver nele?
E se você pudesse ver o futuro e eu não estiver nele?
E se você mandasse todas as mensagens que quis mas não mandou?
E se eu mandasse todas as mensagens que quis mas não mandei?
E se pudesse transformar suas lágrimas em sorrisos?
E se eu transformasse seus sorrisos em lágrimas?
E se eu pudesse derrotar seus medos?
E se eu virasse seu medo?
E se eu disser que ainda posso te amar?
E se eu disser que ainda não posso te amar?
E seu não lhe fizesse gozar?
E se eu lhe fizesse gozar?
E se você me ligasse?
E se eu te ligasse?
E se você esquecer meu cheiro?
E se eu esquecer seu cheiro?
E se você esquecer meu beijo?
E se eu lembrar do seu beijo?
E se.
E se..
E se...

domingo, 24 de abril de 2016

Insegurança

A insegurança é algo terrível não? Você tem mil perguntas na cabeça, mas nao tem coragem de ir fazer nenhuma delas, medo de magoar a pessoa, medo de ouvir aquilo que não esperava e acabar magoado, medo de nada sair como planejado, acordar todo dia pensando em mil planos, mas não ter coragem pra nenhum e ir dormir pensando nesses planos, e tem tanto vontade de dividir eles, mas não tem nem a coragem de começar.
Começar uma vida, arriscar, se jogar, e tudo da tanto medo, ficar olhando a vida pela janela, mas a coragem de pular e arriscar e falar e amar, gritar alto pro mundo os seus sentimentos, mas o único que toma conta é a insegurança, reflexo de rejeições, uma boa parcela de vezes ter sido trocado tanto na vida afetiva quanto na profissional, reflexo de tantos erros que aconteceram, de tantas vezes que se tornou dispensavel, insegurança que tanto anda ao meu lado nada mais é que toda a segurança que um dia eu senti ter sido minada pouco a pouco, até não restar mais nada, tem dias que é dificil levantar a cabeça, tem dias que é dificil sorrir, mas por insegurança, eu sorrio, aceno e prefiro fingir que ta tudo bem, é mais fácil do que explicar, não que esteja tudo terrivel, nao está, as coisas estão indo, devagar demais. Mas as mais sinceras vontades, essas estão escondidas e sem coragem de aparecer. Quais seriam essas vontades? Nem aqui nessa 'folha de papel' tenho coragem de falar, A insegurança acompanhada da impotência, de ver tanta coisa bela se destruindo, sentimentos sendo atrofiados. Isso não vai me trazer resposta nenhuma, muito menos vai deixar eu fazer alguma pergunta, insegurança.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Rascunho 03 - 17/04/2016

Difícil definir saudade, se sentimos falta da pessoa, do momento, do lugar, de uma mistura de tudo, eu particularmente não sei.
Algumas noites eu tenho sentido uma mistura de tudo, desde de a falta de fazer pequenos atos até pra alguém, ou até ficar só olhando ela dormir.

Breve ensaio sobre a saudade.

Raul Seixas cantava em uma de suas músicas sobre o dia da saudade, e com certeza todos já tiveram dias que não conseguiam parar de pensar naquilo que mais sentem falta, esses dias acontecem normalmente quando recebemos uma noticia ruim, e com essa noticia acaba vindo a vontade de estar naquele momento em especial, com aquela pessoa ou pessoas, ou naquele lugar, onde você se sentia protegido e que mal nenhum te atingiria . Hoje não posso negar que foi um dia desses, com noticias tristes que me fez sentir falta de estar dentro de um abraço, protegido do resto do mundo, naqueles minutos que você poderia viver pra sempre dentro.
As noticias ruins chegam complicam tudo, desmotivam, nos faz ter medo de continuar, a gente sempre recebe nunca se acostuma, eu ouvi alguns dias atrás que pra algo bom acontecer algo ruim também tem que acontecer pra poder ter significado, você sentir que realmente foi bom, nesse momento eu espero por algo magnifico, ou apenas um reconfortante abraço de minutos que durem para sempre.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Conto Erotico 01

Era tarde da noite, entrei no quarto, ela chorava.. A abracei e beijei sua boca, com delicadeza, ela estava frágil e eu só queria a consolar. Enquanto nossos lábios se tocavam e nossas linguás  delicadamente começavam a se enrolar senti sua mão na minha nuca, acariciando meus cabelos... As minhas por sua vez ainda estavam envolto do seu corpo, ainda a abraçando. A intensidade do beijo foi aumento, podia sentir seu coração mais acelerado, sua pele ficando quente.
Minhas mãos começaram a subir pelo seu corpo atingindo seus cabelos, que segurei com firmeza, me afastando para admirar o seu rosto de desejo, a mordi no lábio inferior e fui direto pro seu pescoço, rossando minha barba, beijando, lambendo e sentindo seu delicioso gosto. Nos excitamos mais rápido do que poderia imaginar, sentia meu pau crescendo rígido dentro da minha cueca, sentia sua respiração já mais intensa. Voltamos a nos beijar, com mais vontade, mais intensidade, nossas linguas fugiam de nossas bocas molhadas, minha mão já percorria seu corpo, já buscando seus seios que pareciam que tinham sidos perfeitamente criados para encaixar nela.
Te deitei, continuando a te beijar, minha mão subindo pela sua barriga, por dentro da sua blusa, volta a buscar seus seios, agora os encontrando com mais vontade, volto a atacar seu pescoço, lambendo com vontade, chego no seu ouvido, dou uma leve mordida soltando uma respiração mais forte. Suas mãos passeiam pelas minhas costas, chegando a atingir minhas bunda e apertando, meu tesão cresce no meio das suas pernas, sem que eu perceba ela toma conta da situação, montando por cima de mim, arrancando minha camiseta, beijando meu peito, brinca com meus mamilos, continua descendo, lambendo minha barriga, abrindo meu shorts e arrancando de uma vez ele junto com minha cueca. Me deixando desarmado a sua merce. Com suavidade e uma cara de malicia ela prende seus cabelos, e começa a me chupar, como nunca fizeram antes, engolia ele inteira, passava a lingua sobre a cabeça com suavidade e voltava a devoralo, masturbando ele, acariciando minhas bolas, me levando a loucura, não consigo resistir e gozo em sua boca, ela atenciosa engoli tudo, deixando meu pau limpinho. A puxo pelo cabelo com firmeza novamente, ela solta um gemido e nos beijamos com mais tesão que antes, era minha vez de dominar a situação.
Arranco sua roupa, lambendo todo seu corpo, vou chupando seus lindos seios, deixando seus mamilos rigidos em minhas boca, minha mão tem endereço certo, com um dedo entro nela, já molhada, com o dedo do meio, faço movimentos dentro dela, ainda beijando seu pescoço e chupando seus seios. Coloco um segundo dedo, aumento a intensidade dos movimentos, fazendo a gemer alto, minha boca vai descendo por sua barriga, até atingir sua buceta, já molhada pelos dedos, começo a chupar lá, sentir ar os dedos de dentro, mexendo minha lingua, úmida e quente, junto com meus dedos, todos perfeitamente sincronizados, sua mão puxa meus cabelos, suas coxas me apertam, ela geme, rebola na minha boca , seu corpo todo se contraí, consigo sentir sua vagina escorrendo cada vez mais de tesao, seu gosto é fabuloso, não quero parar nunca de te chupar, ela geme mais alto, pedindo mais, eu prontamente te atendo, metendo meus dedos mais forte e rapido, e te chupando com mais intensidade, sinto a gozando 1, 2, 3 vezes, mas não quero parar e nem ela quer que pare. Meu pau volta a subir, louco pra provar do seu calor. Te viro de costas, vou lambendo suas costas inteira, puxo seu cabelo, ela joga sua bunda pra trás procurando meu pau, duro, pulsando, ele encontra sua buceta, começa a entrar, cm por cm, até entrar completamente, duro, rigido, pulsante, começo um vai e vem intenso, forte, ela pede por mais, vou mais forte, mais fundo, deixo ele todo dentro, sem tirar, bombo com força, te faço gemer mais, rebolar, falo que te amo, pois nesse momento é ela tudo que eu mais amo, continuo com força entrar e sair de dela, nossos corpos suados mal conseguem se encaixar, sua buceta escorre de tesão, meu pau encharcado de melado louco por ela. Gozamos juntos em uma sincronia perfeita. Nós jogamos na cama, ambos derrotados, rimos de como foi gostoso, nos abraçamos, a protejo de maneira que nada no mundo poderia fazer mal, beijo a testa dela, ela adormece, sorrindo, linda como os anjos e eu fico a noite inteira observando ela dormir, pra que nada de ruim possa acontecer.

sábado, 16 de abril de 2016

Ao mestre com carinho.

Gozado é viajar pra dentro da gente, desenterrar lembranças , coisas, abrir o sótão das memorias escondidas e trazer pra fora, faz uma bagunça, mas dessa bagunça que vem a organização, pedi ajuda à uma grande pessoa , Fiódor Dostoiévski, ele me ajudou carregando algumas caixas, quebrando alguns copos, me ajudou a lidar com tanta amargura, me ajudou a escrever sobre alguns relacionamentos antigos, com palavras sábias me fez voltar a mim. Dostoiévski também me tirou de uma fase ruim que eu não conseguia terminar nenhum livro, dormi umas 10 horas nos últimos 5 dias, entre vendo filmes, tendo devaneios, escritas, algumas bem obscuras, e leitura, procurei ajuda com aquele que nunca me faltou.
Um homem cético, pai do romance existencialista, filosofo russo, amargo, e via mais beleza na vida que muitos românticos, existe beleza na dor e nem ouso discordar disso, usei da dor pra fazer uma bela faxina e organizar as ideias, usei da dor pra desabafar de muita coisa que estava guardada a mais tempo que eu mesmo imaginava. Me sinto livre, ouvi palavras duras nesses dias, ouvi palavras doces e essas palavras me ajudaram muito e abrir os arquivos que eu não queria, quando se está no fundo do poço não se tem o que fazer não ser relaxar esperar a maré subir e boiar, estava desesperado tentando ou cavar mais ou escalar, burrice, logo eu, que sempre me julguei sábio agindo feito um tolo, me conformei, estou sentado, esperando a maré vir. Em determinado momento, Dostoiévski fala que não existem assuntos tão velhos que não se possam tirar coisas novas sobre eles, fiz essa lição, usei das minhas antigas marcar desabafei sobre as quais eu precisava, trazendo assim paz as novas marcas, uma paz merecida.
Por fim e não menos importante, ele também fala que a maior felicidade é quando sabemos porque somos infelizes, e disso eu tinha me esquecido, foi ai que eu me perdi por completo, confundi os motivos, confundi as pessoas e fiz tudo errado, mas quando se resolve viajar pra dentro, nunca se volta de mãos vazias, por hora é esperar a maré encher pras coisas voltarem a ser o que nunca deveriam ter deixado de ser.
Boa noite.

Póstumas memórias confusas.

Cada pessoa, quando termina uma relação tem sua maneira de se defender e  esquecer a outra, algumas procuram outros amores sempre achei suja e falta de respeito com quem você dividiu seus sentimentos sinceros fazendo eles parecerem mentiras. Tem aquelas que começam a odiar a outra pessoa fazendo dela um monstro e confesso que também não gosto dessa, cultivar um sentimento tão horrível em cima de algo que um dia foi belo porém essa também depende do fim. Eu sempre optei por deixar o tempo, sempre foi doloroso, noites em claro, mas nunca desejei mal e sempre a felicidade da outra pessoa, é assim quando a gente ama alguém não é? querer o melhor pra ela, que essa pessoa seja muito feliz. Existem também sentimentos que aparecem estranhos e diferente como o nojo, de acabar conhecendo um lado que te faz pensar sobre tudo que você sentiu foi real ou apenas um ilusão, faz sua cabeça parecer um quebra cabeça com peças infinitas e todas muito bem misturadas te deixando confuso, você tira uma vende e nota que quem você se apaixonou não se parece mais com aquela pessoa linda e cheia de encantos, na verdade você já não enxerga qualidade alguma nem defeito algum, mas só consegue pensar "foi essa pessoa mesmo que eu me apaixonei?", ou ela mudo por você? Fim de relacionamentos mudam as pessoas, mas acredito que a essência sempre esteve lá, e isso não tem como mudar.
Acho terrível sentir asco de alguém que você se permitiu gostar, como acho terrível odiar alguém que você amou, como é terrível também usar de outras pessoas pra tampar um buraco, mas afinal o que não é terrível no fim de um relacionamento.
Mas se me perguntarem, sempre terei motivos para amar.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Rascunho 02 - 15/04/2016

Se um dia todas as pessoas que lhe fizeram mal, dissessem que tudo foi uma mentira? Você perdoaria todas elas? Sombras servem pra te assombrar e quando elas estãoo desempenhando bem esse papel é assustador. Existe a calmaria a vista, não está longe, só resistir mais um pouco e tudo ficará bem...
Coisas boas vem acontecendo, mas tantos fantasmas, sempre tantos fantasmas.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Rascunho 01 - 12/04/2016

As fases turbulentas acabam dizendo muito sobre a gente, nós faz conhecer em situações diferentes e muitas vezes nos surpreendem de como somos patéticos quando desesperados de como a racionalidade é apenas uma ilusão. Mas quando as coisas começam a voltar pros trilhos, e se sente alma se refortalecendo, uma pequena chama acesa é reconfortante, a paz interna está longe de chegar de novo, mas ao menos a melancolia não agredi tanto.

Reservas.

Hoje eu senti um gosto estranho em minha boca , um gosto novo, novo não, mas a muito tempo não sentia, não lembrava desse gosto, forte, amargo, engolir ele fazia doer o peito, sensação de vazio consumida, vulneral ao mundo, estava me sentindo bem, me sentindo forte de novo, mas me enganei, voltei a chorar, e sentir frio, senti tanta saudade de tantos momentos, desejei por tanto voltar no tempo e mudar muitos passos, mas não posso fazer, e também não tenho direito de chorar, hoje sofro minhas escolhas, só por hoje estou me permitindo sofrer de peito sangrando, só por hoje estou aceitando todos os meus erros, só por hoje.
Quando eu acordar? não sei, mas espero estar mais vivo, ter um plano B, é isso eu queria ter um plano B, talvez eu tenha mas só não tenha reparado ainda.
Quando eu me tornei fraco? Quando foi que me deixei abater? Quando foi que minhas defesas abriram e fiquei tão vulnerável a tudo? Estar fraco é horrivel, tudo irrita, o gosto da comida já não tem mais tanto prazer. Quando eu perdi o prazer até em beber?
Minha cabeça não está mais acontecendo como deveria ser..
não está..

mulher de Deus

Consigo me lembrar até hoje do seu cheiro, do seu toque, da sua risada, como ficava corada quando tímida, de suas piadas, de toda Luz que você trazia onde quer que você estivesse. Fui fraco como sempre não lutei como deveria por você, quando te vi com outro desabei em prantos, sempre que estou triste converso com você sem saber e sem saber você me alegra.
Se tivesse coragem te mandaria uma mensagem perguntando como você está, deixaria um climão no ar, você colocaria as mãos na cintura com cara de brava.
Se eu tivesse coragem correria até sua porta e falaria "foge comigo pra qualquer lugar", ou pediria mais uma chance, já que não aproveitei a segunda como deveria ter feito.
Se eu tivesse coragem muita coisa seria diferente, mas você está bem, conseguiu um novo amor está feliz e não serei eu que vou atrapalhar isso, aprendi que amar é desejar felicidade e eu não poderia te fazer feliz, não mais, não depois de tudo. Algumas palavras precisavam ser ditas, estavam queimando dentro de mim, ainda queimam, mas considero assim ditas mesmo sabendo que você nunca as ira escutar, com minha mais sincera saudade.

sábado, 9 de abril de 2016

Entre Tijolos

Todo homem já teve uma Cass em sua vida, e se assustou do modo que ela entra, toma conta de tudo, de fato assusta, o modo que ela anda, respira, rebola, geme, eh uma  combinação perfeita de tantas coisas. Mas todo encanto tem um limite.
Em muitas manhãs quando acordo sozinho, pense que hoje será o dia que vou exorcizar todos os demônios da minha cabeça, mas não é bem assim. De um lado o anjo bom querendo o seu melhor te sugere pra esquecer, seguir, ir, viver, do outro o diabinho ruim, malvado, pede pra você ir lá, receber noticias , você ouve o diabo, se machuca e volta a rotina. Estar desocupado colabora e muito para algumas coisas ruins acontecerem, colabora para os piores pensamentos dominarem, você quer mudar, quer melhorar mas nao tem forças. Não quer um novo amor, só quer se livrar do ultimo. Guarde as coisas boas, jogue foras as ruins e siga a vida, não olhe mais para trás, será que é possível e como fazer? Todos machucam e são machucados, alguns mentem para si pra tentar superar alguma coisa, outras pessoas só não entendem a forma que as outras tanto desperdiçam a palavra e o sentimento que representa o amor. Mas cada um com seu jeito, cada um com seu tempo, nem todos amam igual, nem todos amam pra sempre, acho que a maioria jura amor eterno mas esquece mais rapido que o tempo da jura. Eu aprendi a só dizer eu te amo para as pessoas que eu amarei pra sempre, não gosto de desperdiçar esse raro e belo sentimento 10 anos depois, 100 anos depois, ainda amarei, ainda vou me preocupar, atenderia qualquer pessoa que eu jurei que amava em qualquer hora, espero ainda algumas ligações, torço ainda para alguns nomes aparecerem ou voltarem a aparecer, pelo simples prazer de saber se estão felizes.
Amor é muito mais que se tocar, amor é muito mais que definição, amar é só desejar o bem de alguém, acredito que alguém que não deseje o bem desse outro alguém é porque nunca amou, ou ainda não aprendeu amar. Mas, será que se aprende amar? Como se constrói isso? Logo eu que sempre me julguei forte, hoje vivo na corda bamba com o frio na barriga de que se cair o que poderá acontecer? Uma vida de momentos e sentimentos e uma fase estranha onde tudo que era tão simples agora está complicado. Você torce pro momento passar, mas não consegue fazer nada pra resolver isso.
Já passou da hora de acordar, já passou da hora de espulgar esses demonios internos. Já passou do tempo de encontrar a felicidade e voltar a estar bem por dentro. Hora de mudar.

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Plagiando Bukowski

Quando a paz encontra você? Quando você acredita que pode acreditar no amor? Quando você acredita que as coisas vão melhorar? E quando você ta errado? E nada era como parecia ser..
Quando o corpo doi inteiro, o frio nos ossos é incontrolável, a vontade de vomitar é tão forte, sua cabeça, seus olhos..tudo formiga. Você já se sentiu morto? Uma razão, você não acha essa razão, cada noite fica mais dificil passar, mas você aguenta, sobrevive, finge ser forte pra aqueles que te amam, finge ser forte pra dentro de si. Suas costas devem pesar 1 tonelada, levantar a cabeça não acontece, mas você é obrigado a aguentar, a vida cobra isso. Um trago era tudo que você queria, uma cerveja, um whisky ou uma dose de cachaça era tudo que você queria, mas você não vai ter, terá que aguentar isso, ou aquilo, de uma forma ou de outra.
E de novo você não tem ninguem, poderia ter, mas não tem, pensa todo dia no que aconteceu no que pode acontecer, mas não tem ninguem, poderia ter, mas não tem. Noite dificil não é? Duvido que vá conseguir dormir, pois é eu também duvido. Amanha tudo ficara mais dificil, sim, seus olhos vão formigar mais, sentirá mais enjoo, mas eai? o que valeu a pena? o que fez sentido? Tantas cobranças , tudo acontecendo tão errado, o amor ta virando tudo, menos amor, você costumava escrever coisas bonitas, e agora ta lamentando, pedindo pelo que? você também não sabe.
O que você procura? Você ja achou? Acredita que achará? Deveria acreditar, faria bem, mas é dificil né?  Ser impulsivo tem um preço, se preocupar demais tem um preço, chorar tem um preço alto. Quando você escolhe amar alguém, você vai apostar alto, provavelmente vai perder, mas e se ganhar? vai ser bom não vai? Deveria ser bom. O que houve com seu amor? O que houve com seus sonhos? Você realmente acredita no que você fala? Qual motivo do seu choro hoje? Alguém choraria no seu lugar? Você choraria no lugar de outra pessoa? De quem é a culpa do seu choro? Sua? de alguém? Não, não do destino, algumas coisas quem fez foi nos mesmos, nem tudo é culpa do destino, e você? é a causa do choro de alguém? e se for? se sente mal por isso? acho que sim, você é uma pessoa boa, deveria ser, achava que era, qual a razão de tudo isso? você não sabe né? É deve ser dificil saber mesmo, quando nada está fazendo sentido, qual é o sentido de tudo isso? Plagiando Bukowski, Tu choro? ele diria que não e eu? eu diria que sim.

quinta-feira, 31 de março de 2016

1º de Abril

Eu gostaria de mentir e dizer que não te amo mais.
gostaria de mentir e dizer que te quero mais
gostaria de mentir e dizer que não sinto falta do meu corpo junto do seu
gostaria de mentir e dizer que não sinto falta do seu sorriso pela manhã
gostaria de mentir e dizer que durmo bem todas as noites
gostaria de mentir e dizer que não penso mais em nos dois e como seria nosso futuro
gostaria de mentir e dizer que está tudo bem e que foi só um sonho ruim
gostaria de mentir e dizer que tudo que aconteceu foi relevável e já não importa mais
gostaria de mentir e dizer que não sou atingido por cada palavra sua
gostaria de mentir e dizer que ultimas noticias não me chatearam
gostaria de mentir e dizer que sempre espero ler seu nome quando alguém me liga ou manda mensagem
gostaria de mentir e dizer que você não significa mais nada para mim
gostaria de mentir e dizer que tudo vai ficar bem
gostaria de parar de mentir dizendo que estou bem
gostaria de parar de mentir e dizer que não estou mais triste
gostaria de mentir que arrumei um emprego
gostaria de mentir e dizer que vou conseguir me formar
gostaria de mentir e dizer que estou me mudando
gostaria de mentir e dizer que agora eu sou alguém
gostaria de mentir e dizer que agora sou feliz
gostaria de mentir.
gostaria..

Estranhos em terras estranhas

Você já teve a sensação de conhecer alguém tão bem que você até quantos fios de cabelo ela mexe quando coça a cabeça? E quando passa um tempo, você já não sabe mais quem é essa pessoa? Você já não lembra mais cheiro, gosto, traços, movimentos... Por mais que insista , as memórias ficam escuras, como se você jamais tivesse conhecido aquela pessoa realmente?
O tempo passa , todo mundo vira estranho, mas vc fica apegado a alguma memoria qualquer e ama aquilo, sempre achei o amor eterno, e não mudo isso, mas você se apaixonaria duas vezes pela mesma pessoa? Aquela que você conheceu há 5 anos é a mesma de hoje? Nunca saberei dizer.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Carta aos missionários.

Oi, tudo bem com você? Espero que sim.
Tenho andado bem ativo aqui ultimamente né? Pois é, muita coisa acontecendo, muita coisa na minha cabeça, a maioria delas não tem nada a ver com você se é nisso que está pensando .
Ficou tanta coisa em aberto, sobrou tanta falta, não acabou como imaginava, muito pelo contrário, nunca imaginei um fim. E ele foi horrível, os finais nunca deveriam ser horríveis, eles sempre deveriam ser felizes. Mas vi que você ta bem, encontrou outro alguém, isso é muito bom, fico feliz por ti.
Não terei a chance de me despedir de você, duvido que nos veremos de novo, acredito que nossos caminhos vão se separar, mas foi bom, aprendi muito com você, sobre você e sobre mim também.
Nas ultimas conversas sérias eu pareci bem escroto, mas eu tava sofrendo e não sabia lidar, tinha planejado tanta coisa na minha cabeça pra quando te encontrasse, e não te encontrei, e vi tudo desmoronar, não soube lidar, não soube agir, so gritar, e gritei. Não cumpri as promessas que te fiz de felicidade e de compreensão, não cumpri as juras de que teríamos uma vida, mas não menti, nunca menti em relação aos meus sentimentos com você. Queria poder te mostrar um amor sincero e verdadeiro, talvez isso eu tenha conseguido, ao menos um pouco, nem um terço do verdadeiro amor que você merece, mas um foi o máximo que eu consegui.
Acho que agora só seria encheção de linguiça mesmo, procure e ache sua paz, seja ela com quer que seja, seja feliz, só queria que se lembrasse de mim como algo bom, e não pelo nosso horrível final.
Com eterno amor.

domingo, 20 de março de 2016

E se chover...

  Nunca fui de confiar plenamente nas pessoas, nunca fui de me abrir ou de falar sobre o que estou pensando ou sentido, sinto que meus sentimentos são muito mais complexos do que as pessoas poderiam entender. Não que eu me sinta especial, muito pelo contrário, mas por dentro sou muito diferente do que mostro pra fora, sou um poço de insegurança e tristeza, melancólico, por fora erradio toda alegria que eu realmente queria sentir. Não é maldade, não é falsidade só prefiro ser reservado assim, sabendo que no fim das contas tudo vai ficar bem. Chorar de noite nunca foi novidade, depois do sorriso, pensar "porque?", nunca deixou de ser rotina.
  Minto se falar que nunca me senti feliz, mesmo por dentro apenas querer chorar, todas minhas risadas são sinceras, todos os pensamentos de tudo vai ficar bem são sinceros, a felicidade de ver os outros crescendo e conquistando é minha maior honestidade. Os trabalhos que abri mão para que os outros tivessem a chance. Nunca exitei de desistir quando achei que alguém não estava feliz, cursinho, faculdade, vida, incomodar sempre me pareceu um fantasma. Ser prioridade pra mim mesmo foi algo que jamais consegui, tentei diversas vezes, e quando tentei maguei quem não queria , peguei um alto preço por isso. Sou péssimo em tomar decisões, e na verdade acho que não tenho coragem de enfrentar muitas coisas, acho mais fácil fugir, as vezes pra dentro , pras profundezas mais recônditas da meu interior. Hoje, se alguém chegar não vai me encontrar, estou fechado pro mundo, novamente, me abrir foi um risco e um erro, erro que não quero cometer de novo, não tenho vontade de nada, queria viver isolado em um lugar com cerveja infinita, minha única preocupação poderia ser me embriagar, sinto falta, de poder estar bêbado todos os dias, sinto falta, de não lembrar da noite anterior, sinto falta de não sentir tanta falta.
 

domingo, 13 de março de 2016

opa

oi? como foi seu dia? voce foi feliz? voce se sente feliz? vc se olhou no espelho? quem voce amou? quem voce amaria? quem voce seria? quando vc nao precisa ser voce, quem vc ia escolher? vc seria feliz nessa escolha? as coisas iam ser como vc sonhou? e se nao sonhou? como vc sabe que as coisas seriam um sonho? quem vc ja imaginou, desde quando vc se prendeu? quem vc quis? enquanto vc se negou? quanto vc sonha?grande?pequeno? nao sonha? quantos degraus voce sustentou? quantos degraous voce segurou? quanto a sua vida dependeu de alguem?quanto voce desejou alguem? quanto voce matou alguem? Quanto voce, fez alguem viver... quanto voce amou alguem?

sábado, 5 de março de 2016

Descendo

Todo mundo tem u ponto fraco, um calcanhar de Aquiles, você tentar salvar o mundo, mas esquece de salvar a si mesmo, e a vida cobra, quando você olha pra dentro se sente sozinho, não importante com quem esteja, a solidão está lá, do seu lado, implorando por atenção. Você tenta ajudar alguém, acha que vai conseguir, mas não consegue e piora tudo, sente tudo desabar, fica tudo preto, onde havia um pouco de sentido sorrir fica dificil, o nó na garganta não sai.
Você é o único culpado por tantas coisas erradas, poderia ser mais forte, fazer à mais, mas não consegue, nao tem força pra levantar, nao tem força pra lutar, a única vontade e de sentar e chorar.
O ponto fraco que mais te assusta talvez seja por ser aquilo que mais você pensa, seu demônio mais próximo, mas é difícil aceitar, difícil perceber  eainda é mais dificil conviver com esse demonio sozinho, ois ele é forte, ele te esmaga todos os dias.
Dói ser você, dói acordar, mas ninguém se importa desde que você esteja fazendo tudo certo, desde que esteja sempre sendo aquilo que esperam de você quando você mesmo ja não espera mais nada. Onde fica a saída? Esse meio escuro do corretor passa uma corrente tão fria que até da calafrios. Mas você tem que ser forte e aguentar, ninguém permite que você seja fraco, a mão quando te oferecem tem um preço alto a pagar, e sempre dói pagar esse preço.
Se me perguntassem agora se eu sou feliz, a resposta seria não, não sou, faz muito tempo, procurei a felicidade achei que tinha encontrado, quer dizer a encontrei, mas não aguentei a bola de neve, minha cabeça novamente não permitiu isso acontecer, porque? porque eu não poderia fazer a felicidade feliz, não, a solidão tava alí olhando com ciumes, fazendo presença, chamando atenção pra ela, me consumindo como sempre. As palavras me machucam e meus pensamentos paranoicos também, acordaram meus demonios, e nao sei lidar com eles, como vou conseguir enfrentar outros se os meus tão me derrotando, todo dia, cada dia, a guerra que é levantar e não deixar o abismo entrar e ele está cada vez mais fundo, mais negro, mas ele não pode entrar mesmo que dessa vez ele esteja batendo a porta com mais afinco que antes. Hoje particularmente está mais dificil, abandonei a felicidade, meus demônios gritam e me ensurdecem, eu só consigo tremer e chorar, só queria fugir, com minha felicidade, mas estou preso, não consigo, sou fraco, estou derrotado e lutando cada vez para que o abismo não entre, estou derrotado e dessa vez com medo que o abismo entre.