terça-feira, 24 de abril de 2018

Reaçao de um merda

Eu odeio me desculpar por algo que eu não tenho culpa por medo da pessoa não me entender, eu odeio sentir culpa por coisas que eu não tenho culpa.
Cada dia eu tenho sonhado mais e mais em ser um bosta, tratar as pessoas mal é mesmo assim elas me procurarem , ser um escroto inconsequente e mesmo assim ainda ser procurado... Por todas as virtudes que eu mesmo me coloquei, se eu não procuro as pessoas fico esquecido e não importa quem seja.
A sensação de ser invisível eh horrível, e a sensação de ser insuportável ė ainda pior.
Volto pra casa nesse fim de semana, feliz por ter aguentado. Mas perseguido pela ideia que tirando minha família, ninguém se importa, ninguém está interessado em saber como foi, e como estou.
Se eu passar meses sem eu perguntar como estão, essa réplica nunca vai aparecer.
Talvez eu deva estar exigindo demais que os outros sintam por mim, eu deveria parar com essa mendigagem de carinho.
Mas definitivamente não ando conseguindo, estou falhando cada dia mais como um solitário, e sentindo demais tudo.
E essa dor que não passa e nem desengasga.
Devo ter cansado de ser um merda, só não sei reagir

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Falando de amor

Eu não posso falar de amor sem deixar de lado minha doença da cabeça, eu não posso falar de amor sem poder deixar de lado todas minhas inseguranças e frustrações.
Nas minhas últimas 3 relações eu me esforcei ao máximo em ser a melhor pessoa possível, é claro q um determinado momento eu falhei. Na minha cabeça sempre fica a ideia de que fui insuficiente, onde falhei, e nunca vou entender o pq, se pq o sexo era ruim, se pq exagerava em alguma coisa, ou se eu faltava em outras, enfim todos os detalhes imagináveis eu irei pensar e achar que falhei.
A parte que mais me destrói e ver pessoas que foderam, fizeram o diabo na vida de outras e ver elas sendo perdoadas e as relações funcionando com essas pessoas. Eu fico me perguntando , como e pq, cmg da tão errado tentando fazer o certo e pra esses caras que cagam pras pessoas as coisas funcionam bem e elas são apaixonadas por eles e eles estralando os dedos e elas estão lá.
Obvil que não existe isso de "mandar nos sentimentos" as coisas são assim e pronto, mas eu não consigo entender ou me conformar com a ideia que eu sempre vou acabar sendo apenas um capítulo ou uma passagem na vida das pessoas, enquanto eu vou considerando elas o caminho, o livro. Talvez meu erro seja esse, de esperar demais, criar muitas expectativas. Mas eu não escolho isso, é uma coisa q se cria automático na minha cabeça assim que eu me apego.
Eu tento evitar, tento não ter ciúmes, mas quando caio por mim já estou preso em várias armadilhas da minha mente, de achar que as pessoas deveriam se importar tanto quanto eu , de achar que elas têm q demonstrar tanto quanto eu faço , crio várias paranóias e obviamente elas acabam acontecendo por eu gerar a situação toda.
Sou o maior culpado dos meus fracassos, e sempre serei , sempre vou sentir que estou fazendo pouco e tenho a impressão que vou acabar sempre me fodendo. Duvido que alguém vai aguentar toda a pressão que é estar comigo pq eu sou lunático, e ninguém quer se relacionar com alguém assim.

domingo, 15 de abril de 2018

nada novo, tudo igual, domingo

É tão bizarro não entender seu lugar no mundo, como se em todos os cantos me sentisse um estranho, como se não importa o quanto eu grite, ninguém escuta.
esses gritos silenciosos tem me matado cada dia mais e eu particularmente já cansei de dizer que to cansado, já cansei de praguejar desejando minha morte, também estou cansado de me fingir de forte já que eu preciso para não espantar as poucas pessoas que sobraram por perto.
Cada vez que eu me abro com alguma pessoa e sinto aquela sentimento de "nao sei oque fazer/dizer" aquilo me destroi um pouco mais, as pessoas não tem obrigação de saber lidar com essas merdas mas aquele olhar de pena é terrivel.
Faz falta ouvir o famoso conta comigo faz falta sentir um interesse real de carinho, eu tenho tentado tanto, mas parece que é sempre as mesmas coisas que acontecem, parece que é sempre o mesmo barco furado afundando enquanto eu tento tirar agua com uma colher.
domingos, como são dificeis de lidar, como é dificil de aguentar, alguém fala comigo? só conversar sobre o dia, a semana, qualquer coisa, só me tira um pouco dessa solidão.

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Bobo da corte

Me sinto como um bobo da corte , o palhaço, que enquanto me ocupo tentando animar as pessoas e como se não tivesse quem faço mesmo por mim, acabei criando uma ilusão de novo, acreditei que daria certo e antes de eu conseguir estragar tudo já sinto que não está dando, não sei se estou sendo paranóico, mas não consigo controlar minhas crises, me sinto ofegante, minha respiração corte meu peito.
Cada dia me sinto mais e mais sozinho, me sinto arrependido de ter aceitado esse trabalho, qual alto preço que estou pagando por fazer o que quero?
Acho que nada mais me agrada afinal, acho que não tenho mais uma paixão, só tenho tristeza e insegurança, não posso exigir de ninguém que me dê a segurança que eu preciso porém alguém q demonstrasse o mínimo de apresso não seria tão ruim também, não gosto quando as pessoas só demonstram que se importam quando eu grito por socorro, eu não gosto quando me oferecem ajuda só quando eu peço.
Eu odeio incomodar mas eu queria tanto que se importassem o mínimo pra variar. Já não aguento mais a muito tempo minha cabeça, não aguento mais eu ser minha única companhia pra desabafar pra valer.
Mas do que adianta eu desejar isso e quando mostro o monstro que tenho dentro de mim todos fogem, ninguém aguenta, ninguém respeita isso, eu não tenho a opção de ser fraco , não me deixam ser aquele que precisa de ajuda, eu tenho me sentido exausto de estar sempre oferecendo a mão, o braço o corpo pra ajudar e receber de volta silêncio, indiferença, respostas vazias, exclusão.
Afinal de contas eu sou um cara legal, um cara maravilhoso mas [...]

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Eu me sinto muito mal por não conseguir me sentir feliz nunca.
Eu me sinto muito mal em sentir que sou descartável mesmo fazendo o impossível dentro do meu alcance pra fazer alguém se sentir bem.
Eu me sinto muito mal por sentir vontade de chorar o tempo todo e ficar engolindo o choro a seco pq simplesmente não tenho motivo real pra chorar
Eu me sinto muito mal por não me achar merecedor de nada de bom que acontece comigo.
Eu me sinto muito mal quando nada de bom acontece comigo
Eu sinto muito mal pelo simples fato de estar me sentindo muito mal
Eu me sinto muito mal por não ter coragem de acabar com essa angústia logo
Eu me sinto muito mal por não ter acabado com tudo ainda
Eu me sinto muito mal todos os dias quando preciso levantar
Eu me sinto muito mal por estar em um bom emprego , fazendo o que gosto mas ainda me sinto culpado por algo estar dando certo.
Eu me sinto muito mal por todas pessoas que me tiraram de suas vidas
Eu me sinto muito mal por toda culpa que atribui a mim quando bem era culpa minha.
Eu me sinto muito mal.
Pq eu tô chorando de novo?
Pq diabos eu não morro logo?
Eu me sinto muito mal quando eu minto dizendo que tô contente com as coisas que tem acontecido
Eu me sinto muito mal por não conseguir ficar contente
Alguém faz passar isso, por favor? Eu imploro, tá doendo demais e eu não aguento mais.

domingo, 1 de abril de 2018

Culpa

Pra mim, um dos piores sentimentos que eu tenho é o de não merecer as coisas, de achar que eu não mereço ser feliz, não mereço as oportunidades que ganho e por conta disso acabo me sentindo culpado e por depois triste, e acaba vindo de brinde a insegurança , a sensação de que nunca vou conseguir estar bem.
Fico apavorado, quero demonstrar tudo de uma vez, quero me mostrar interessado, apaixonado, vivo e acabo estragando tudo.
Domingo, tudo sempre doi mais, não sei explicar o pq só sei que a vontade de morrer sobrepõe a tudo, me sinto sufocado, sinto até minha alma gritar de dor e não consigo explicar, não quero falar com ninguém mas acabo sendo obrigado.
Essa bosta de sentimento de culpa poderia passar não é mesmo?

sábado, 17 de março de 2018

Eu nao me lembro.

Eu queria conseguir me lembrar em que ponto da minha vida minha cabeça desabou e eu não percebi.
Queria conseguir lembrar quando fiquei tão dependente do afeto das pessoas.
Queria conseguir me lembrar quando ser aceito e me sentir amado virou uma obsessão.
Queria conseguir me lembrar desde quando eu me odeio tanto e por que comecei a me odiar.
Queria conseguir  me quando parei de dormir.
Queria conseguir me lembrar se algum dia eu me senti realmente especial e quando foi isso e o que mudou de lá pra cá.
Queira conseguir me lembrar desde quando eu desisto de tudo antes de começar a tentar pq desistir sempre foi mais fácil.
Queria me lembrar quando passei a achar mais importar gostar dos outros do que gostar de mim mesmo.
Queria me lembrar de como é acordar e se sentir agradecido e feliz.
Queria me lembrar de como é ter a sensação de mandar uma mensagem que seja pra alguém sem medo de ser ignorado ou simplesmente sentir que a pessoa esta indiferente se eu me importo ou não.
Queria conseguir me lembrar de como é ter força de vontade pra continuar
Queria me lembrar de tempos que talvez eu nunca nem vivi.